SubPac – Tecnologia de Áudio Táctil

SubPac-S2-Front

O SubPac é uma tecnologia criada na Califórnia, pela empresa Studio Feed com objetivo de levar a uma nova dimensão sensorial suas experiências com música, games e filmes. No dispositivo as ondas sonoras são captadas e vibram em contato com as costas da pessoa que o utiliza trazendo uma experiência de imersão sensorial única. O SubPac pode ser usado por qualquer pessoa. Conheça mais sobre o SubPac na landing page desenvolvida pela Movin’ em: http://www.subpac.com.br

Sr. Preço – As melhores promoções da internet

logo

Em tempo de crise, cada centavo conta. Então que tal conhecer o Sr. Preço? A Movin’ desenvolveu um algoritmo que varre a internet em busca de promoções pra você poder aproveitar as melhores ofertas e economizar o máximo.

Basta acessar e procurar pelo produto desejado que o o Sr. Preço busca pelas melhores promoções do dia em mais de 500 mil ofertas. Confira em www.srpreco.com.br

Festival Multiplicidade 2025

2c662b61fddec0e950973559d3f633121ec9aade

No ano de 2015, o Festival Multiplicidade aponta para o futuro e avança diretamente para o ano de 2025. Depois de revisitar sua primeira década na última edição, em 2014 quando comemorou 10 edições consecutivas, a proposta agora é antever os próximos dez com o FESTIVAL MULTIPLICIDADE 2025_ANO 20. De julho a novembro, o evento, que tem curadoria de Batman Zavareze e acontece no Oi Futuro Flamengo, promove encontros de vanguarda que propõem se aproximar do que se espera do futuro no campo de tecnologia e artes visuais. Uma temporada histórica que novamente se encerra com happenings nas sedes da Escola de Artes Visuais do Parque Lage e da Fundação Planetário.

“Fui aconselhado por Tom Zé em nosso 8º ano a fazer uma revisão mais profunda ao longo de nossa história e assim aconteceu. Em 2015, ao começar esta nova década do festival, vamos nos teletransportar para o futuro. Não quero prever as novas invenções mirabolantes das artes digitais, porque naturalmente todas ficarão obsoletas. O que me interessa é imaginar e romper com os modelos de nossa vida cultural no país”, diz Batman. “Depois de 10 anos seguidos, sem interrupções, recebemos um público que amadureceu e cresceu junto com o festival, e naturalmente, passou a frequentar com suas famílias nossas experiências. Neste momento estava muito claro que a mensagem visionária de Tom Zé fazia total sentido, em meio a tantos paradigmas entre tecnologias e arte, podemos afirmar que nosso grande olhar é pensar no festival que queremos ter daqui a 10 anos”, acrescenta.

Festival Multiplicidade – principal evento transmídia do Rio de Janeiro – dá o pontapé inicial para o futuro com quatro eixos temáticos que fazem parte do DNA do evento e acontecerão no Oi Futuro Flamengo: Multi 01_Geração Circuitada, 30 de julho e 6 de agosto; Multi 02_ GAME OVER, 20 de agosto; Multi 03_Música de invenção, 24 de setembro; e Multi 04_Cinema Extrapolado, 6 de novembro. As ocupações vão além do Oi Futuro e tomam a Fundação Planetário, no dia 6, e o Parque Lage, nos dias 7 e 8 de novembro apontando para nossos sentidos expandidos, VER e OUVIR.

“A programação deste ano começa com o foco nesta turma que vai dominar os palcos na próxima década. Uma geração que trabalha com liberdade, em coletivos, e reinventa os novos modelos de negócio criativo. Teremos na estreia jovens artistas em formação, porém com muita consistência e uma enorme energia intelectual”, afirma Batman. “É muito curioso porque a primeira atração deste ano estava, há 10 anos, com cinco anos de idade assistindo na plateia do teatro do Oi Fuituro Flamengo o seu pai, um dos artistas do coletivo Chelpa Ferro – Sergio Mekler –, e agora performa com sua banda Metatron. Chico Nery, também da Metatron, conheço há cerca de 12 anos. A sequência de artistas programados será a continuidade destas experiências inusitadas com novos artistas de todas as idades. As temáticas que entrelaçam a história do festival continuam as mesmas, enxergar com atenção o cruzamento de linguagens artísticas: ontem, o hoje e o amanhã.”

Multi 01_2025 e Espaços utópicos

No dia de abertura, 30 de julho, para celebrar a primeira década do festival, será lançado o livro comemorativo “Festival Multiplicidade – 10 anos”, que revisita a história do evento em fotos, textos e números, além de uma compilação exclusiva de fragmentos, estudos e inspirações – que serviram como base de reflexões para realização do festival ao longo de uma década. O livro traz um relato na primeira pessoa do idealizador e curador Batman Zavareze detalhando sua trajetória e também pauta os próximos 10 anos de realizações tecnológicas em textos da curadora de artes visuais e crítica de arte Daniela Labra e do poeta, tradutor e ensaísta brasileiro Augusto de Campos.

Durante o coquetel de lançamento do livro, o artista e pesquisador ítalo-francês Armando Menicacci apresentará uma instalação inédita de vídeo mapping criada em um workshop na Escola de Arte e Tecnologia Oi Kabum!, no Oi Futuro Flamengo. Aqui tudo é tela: arquitetura e mobiliário do local e público presente fazem parte desta instalação audiovisual, transgredindo a compreensão lógica de tela.

Em seguida, no teatro, o público poderá conferir a apresentação da banda carioca Metatron e do artista argentino Federico Lamas. A participação da banda, com idade média de 15 anos, remete à renovação e ao inusitado – dois dos integrantes são filhos de Sérgio Mekler, do coletivo artístico Chelpa Ferro, que com experimentações sonoras e visuais tocou no primeiro ano do festival, em 2005, e hoje troca de lugar com os herdeiros. Federico traz trabalho de projeção digital semelhante ao que apresentou em seu livro, “Vete al Diablo (com visión infernal)”, em que apenas maiores de 18 anos terão acesso ao conteúdo censurado ativado por lentes vermelhas, distribuídos na porta do teatro perante apresentação de algum documento de identificação com foto ou autorização de responsável. Aos que assistirem ao espetáculo a olhos nus, a censura será livre.

Após o espetáculo no teatro, a dupla carioca codeclub trabalha com música eletrônica e sets múltiplos. João de Beyssac e Luiz Arthur Ribeiro apresentam uma trama livre, que explora o limite dos gêneros, manipulando, cortando e colando áudio.

Multi_02_ Geração Circuitada

No dia 6 de agosto, na área externa, José Hesse leva seu projeto de música experimental eletrônica, Kindkid, ao encontro da linguagem de projeções com forte influência minimalista, glitch e experimental de Diego Bragança. Hesse define o projeto como uma forma de exorcizar seus próprios demônios.

Seu primeiro CD, “Colorine”, vem de sua necessidade de se expressar e “fazer” arte não óbvia, o que é perceptível em sua maneira de utilizar os vocais, como composição sonora, aliada a bases de teclados, baterias eletrônicas, e samples. Mixado por Manara e masterizado por Matt Colton, em Londres, o álbum é o segundo lançamento do selo colaborativo Domina.

Multi_03_ Ocupação_OF__ Game over

Ainda em agosto, no dia 20, a mobCONTENT, empresa especializada na criação audiovisual em plataformas inovadoras, vai incentivar crianças de 8 a 12 anos a criar seu próprio óculos de realidade virtual a partir de papelão, um par de lentes e um imã. Em seguida, elas poderão visualizar através destes óculos um mundo virtual construído por crianças como elas, durante a colônia de férias “Pequenos inventores” promovida pela Olabi em Julho. O resultado do projeto são maquetes e avatares contruídos a partir do zero, usando recursos como robótica, eletrônica, marcenaria e personagens produzidos em impressoras 3D.

Ao final do dia, a experiência é pensada para os adultos. Durante a performance do duo Astromash, serão disponibilizados óculos de realidade virtual com propostas transgressoras. Aplicativos de realidade virtual que propõem uma interface com toque, ou mesmo com uma total readequação da perspectiva dão o tom da intervenção.

No mesmo dia, o duo carioca Astromash vai se apresentar no Festival. Os integrantes A.PAX (aka Nervoso) – voz, guitarras, sintetizadores, bateria, percussão e baixo e A.DES (aka André Dessandes) – voz, sintetizadores, efeitos e programações, trazem em seu primeiro disco influências que passam pelo synthpop britânico, pelo rock dos anos 80, pelas trilhas sonoras que fizeram parte de clássicos SCIFI, e claro, pelos inúmeros games clássicos, origem do nome da dupla.

É como se Giorgio Moroder, DepecheMode, Ministry, Gary Numan, New Order, The Cars, Prodigy e Air tivessem encontrado com Erasmo Carlos, Mutantes, Azymuth num festival de Rock nos anos 70 aqui em terras brasileiras.

PROGRAMAÇÃO:

> Multi_01_Ocupação_OF__ 2025 e Espaços utópicos__

30 de julho de 2015
18h – Lançamento do Livro Festival Multiplicidade_10 anos
18h às 23h – Armando Menicacci (ITA/FRA) & Oi Kabum! Rio
Instalação do workshop de mapping: Espaços utópicos | 1º piso
19h – Metatron (BRA-RJ) & Federico Lamas (ARG) | Teatro
20h – codeclub (BRA-RJ) | 1º piso

> Multi_02_Ocupação_OF__ Geração Circuitada__

6 de agosto de 2015
20h – Kinkid & Diego Bragança (BRA-RJ) | Teatro

> Multi_03_Ocupação_OF__ GAME OVER__

20 de Agosto de 2015
10h – mobCONTENT – Oficina “Pequenos inventores” | Teatro
20h – Astromash | Teatro

> Multi_04_Ocupação_OF__ Música de Invenção__

24 de Setembro de 2015

> Multi_05_Ocupação_OF__ Cinema Extrapolado__

05 de Novembro de 2015

> Multi_Ocupação_Planetário__Ver__

06 de Novembro de 2015

> Multi_Ocupação_Parque Lage__Ouvir__

07 e 08 de Novembro de 2015

Novo site da Água São Lourenço Nestlé

aguasaolourenco

O novo site da Água São Lourenço e do Parque das Águas de São Lourenço já esta no ar. Conhecida como a água da boa mesa, a Água Mineral São Lourenço tem mais de um século de história. É sinônimo de uma água pura, naturalmente gasosa, de gosto suave e equilibrado.

O novo site responsivo criado pela Movin’, conta com o criativo design de Alexandre Paranaguá. Conheça um pouco mais sobre a Água São Lourenço e o Parque das Águas de São Lourenço em: http://www.aguasaolourenco.com.br

Esta no ar! Icatu Seguros – Bem cuidar

responsive_design_icatu

 

O novo site da Icatu Seguros esta no ar. No site do Seguro de Vida Bem Cuidar, você conhece todos os detalhes para garantir o seu futuro e da sua família, sem contar que contratando o Seguro de Vida Bem Cuidar da Icatu Seguros você ainda conta com: envio de profissionais (encanador, eletricista, chaveiro e etc…), orientação nutricional e calórica, assistência para seu automóvel, indicação de hospitais e taxis e muito mais.

O novo site criado pela Movin’, conta com mais um excelente design de Alexandre Paranaguá. Conheça um pouco mais sobre o Seguro de Vida Bem Cuidar da Icatu Seguros em: http://www.icatuweb.com.br/bemcuidar

 

Novo site da Szyfman Engenharia

szyfman

O novo site da Szyfman Engenharia já esta no ar. A Szyfman é uma empresa que atua no mercado imobiliário do Rio de Janeiro e de São Paulo há 25 anos, sempre oferecendo aos seus investidores oportunidades exclusivas.

O site conta com o primoroso design da nossa querida Alessandra Mello Salata.

Conheça um pouco mais sobre a Szyfman Engenharia, em seu novo site: http://www.szyfman.com.br

Sua empresa está preparada para o “Mobilegeddon” do Google?

goo

A partir de ontem, sites responsivos ganharam o selo “mobile-friendly” nas buscas do Google realizadas através de dispositivos móveis. A medida é uma das maiores atualizações do Google em seu algoritmo de buscas, e reforça a importância de desenvolver um site otimizado para experiência mobile. Especialistas preveem um impacto tão grande nos resultados das buscas que os principais veículos de comunicação do mundo estão chamando esta atualização de “Mobileggedon”.

Segundo o Google, 61% dos usuários se mostram insatisfeitos quando um site não abre corretamente em seus celulares ou tablets. Foi pensando no enorme crescimento do mercado mobile nos últimos anos que a empresa resolveu priorizar sites com conteúdo responsivo no ranking orgânico de suas buscas a partir de 21 de abril.

Sites responsivos são páginas da web cujo layout do conteúdo se adapta facilmente a tela do dispositivo que o usuário está utilizando. O grande problema de um site não responsivo visualizado em um dispositivo móvel é que geralmente o conteúdo aparece muito pequeno na tela, dificultando a leitura. Esta abordagem é destinada a elaborar sites para fornecer ao usuário uma experiência de visualização otimizada, de fácil leitura e navegação, para uma ampla gama de dispositivos que vão de desktops a telefones celulares.

537670_582272411785927_1512730766_n

Todos os sites desenvolvidos pela Movin’ são sempre “mobile-friendly”, sem nenhum custo adicional ao projeto. Entendemos que com o crescimento do mercado de dispositivos móveis nos últimos anos, de formatos e resoluções cada vez mais variados, a aplicação de design responsivo em websites e plataformas online passou a ser um recurso de extrema importância. Os sites desenvolvidos pela Movin’ também são sempre otimizados para indexação em mecanismos de busca.

Veja mais sobre o assunto em:

Sua empresa está preparada para o “Mobilegeddon”?
Entre em contato com a gente: contato@movindigital.com.br

Seja Bem-Vinda, ADG Brasil!

adgbrasil

Tem cliente novo de Mídias Sociais na casa! Em parceria com a Boldº_a design company, a Movin’ dá as boas vindas à Associação dos Designers Gráficos (ADG Brasil), uma associação sem fins lucrativos de âmbito nacional fundada em 1989 com o objetivo de congregar profissionais e estudantes para o fortalecimento do design gráfico nacional. A Bienal Brasileira do Design Gráfico é uma das maiores realizações da associação. A edição de 2013 foi a maior já realizada em número de jurados (89) e trabalhos selecionados (444), e em 2015 a ADG se prepara para a 11ª edição, repleta de exposições, seminários, ações educativas e interativas e um circuito de ações paralelas.

As inscrições de trabalhos para a 11ª Bienal Brasileira de Design Gráfico da ADG Brasil podem ser realizadas aqui!

Acompanhe a fanpage da ADG e fique por dentro das novidades!

Rio+Design Milão 2015

riodesign

O design do Rio de Janeiro é hoje sinônimo de pesquisa, criatividade, soluções inovadoras, respeito ao ambiente. Tantos significados que se podem resumir em dois conceitos: tecnologia e sustentabilidade. Esses serão os fios condutores da sétima edição da mostra Rio+Design, durante o Salão Internacional do Móvel de Milão, de 14 a 19 de abril. A exposição é uma iniciativa do Governo do Estado do Rio de Janeiro, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, em parceria com Sebrae- RJ, Apex e Firjan.

Na sempre movimentada Zona Tortona, em meio a uma cenografia envolvente assinada por Guto Indio da Costa, caracterizada por cores vibrantes e imagens do Rio de Janeiro, serão expostas mais de 75 peças e projetos de cerca 40 escritórios de design. São criações de jovens talentos e profissionais consagrados, que nascem da paixão pela descoberta em um ambiente estimulante.

A madeira sustentável vai ter um papel de destaque, comprovando a escolha consciente e ecologicamente responsável das mentes criativas do Rio. E’ o caso de produtos como a poltrona “Espécies”, do Studio Zanini, ou ainda a mesinha “Moiré” e a luminária “Lumi.lu”, ambas do estúdio O Formigueiro, todas peças caracterizadas por um estilo contemporâneo. Um outro exemplo é a estante “Cobogó”, da Bold: produto que vai ser lançado internacionalmente durante Salão do Móvel, é produzida com madeira certificada e inspirada nos elementos de mesmo nome utilizados pela arquitetura modernista no Brasil, desde os anos 30 até a década de 60. Uma curiosidade: os recortes de madeira, realizados para dar forma à estante, não são descartados. São transformados em novas peças como aparadores, evitando o desperdício e aumentando a rentabilidade do projeto.

A inovação estará presente com projetos surpreendentes como o “Gota”, uma parceria da NEXT PUC-Rio e FMC Technologies do Brasil, em que o design é usado para a otimizar a exploração de petróleo e gás natural no fundo do mar. Sempre o NEXT PUC-Rio vai apresentar réplicas texturizadas, realizadas com impressora 3D, do mais famoso monumento brasileiro: o Cristo Redentor.

O público do Salão do Móvel vai poder conhecer, ainda, o processo criativo que gerou cada peça. Monitores vão exibir vídeos que contam detalhes e curiosidades sobre os projetos, além de mostrar o perfil dos criadores.

Ao mestre Sérgio Rodrigues, morto em setembro de 2014, será dedicada uma homenagem especial. Rodrigues é considerado um dos pais do móvel moderno brasileiro e participou da Rio+Design desde a sua primeira edição.

“O Rio de Janeiro (não só a cidade, mas todo o estado) é uma fonte contínua de projetos interessantes que confirmam o potencial do nosso design. Estamos sempre abertos a novos negócios e parcerias com outros países e, atualmente, muitos dos profissionais do Rio são uma referência no mundo quando se fala de design brasileiro”, diz a subsecretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado do Rio de Janeiro, Dulce Ângela Procópio.

Esta é mais uma edição do Rio+Design em que a Movin’ realiza a gestão de conteúdo de redes sociais da Rio+Design, ajudando a fomentar o design carioca nacional e internacionalmente. Fique por dentro das novidades da mostra em facebook.com/riomaisdesign